logo ph
Guia sobre a Criação de Galinhas

Guia sobre a Criação de Galinhas

Tino Cuenca Sánchez

1. Guia sobre a Criação de Galinhas

Se está a ler este guia, é provavelmente porque decidiu entrar no mundo da criação de galinhas, o que, indiretamente, provavelmente irá causar uma mudança para melhor na sua vida. (Ver o artigo "Deixe entrar uma galinha na sua vida" da nossa revista)

Primeiro passo: que galinha escolher?

  • A primeira coisa que devemos ter em conta deve ser, mais do que raça, o estado de saúde dos espécimes que vai adquirir. Há uma série de truques, que mostramos abaixo, para verificar o estado geral de saúde de uma galinha ou galo:
  •  Verifique se está ativa. Uma galinha que mostra atividade é uma galinha saudável.
  •  A postura é um indicador de saúde. Uma postura decadente ou torta indicará um mau estado de saúde.
  •  Os olhos devem ser brilhantes e vívidos.
  •  Não deve haver nenhum muco remanescente nas narinas (nariz das galinhas, no topo do bico).
  •  A crista deve ter uma cor marcante e vívida. Por exemplo, uma crista roxa pode indicar problemas circulatórios.
  •  Examine a plumagem, que é outro bom indicador de saúde. A olho nu, observa-se se uma galinha ou galo tem uma plumagem correta ou não.


 Depois de se concentrar nesses fatores, deve escolher a raça. A escolha da raça é secundária, cada uma tendo características diferentes em termos de postura (quantidade e tamanho), carácter, aparência ... Geralmente é aconselhável escolher uma raça que gostamos, que chama nossa atenção e, claro, que cumpra as nossas expectativas. De qualquer forma, se quiser conselhos básicos para escolher uma raça para começar, recomendamos que você leia o artigo Galinhas ... Por onde começar ?, escrito em nossa revista.

Segundo passo: Onde coloco as minhas galinhas?

Bem, a resposta é muito simples: num galinheiro. Mas é conveniente apontar certos aspectos em relação às casas avícolas. Em geral, todos concordam com certas características essenciais que devem ser atendidas para atender às necessidades de seus habitantes, tais como:

  •  Ser de tamanho e formato apropriados para o número de aves que queremos ter.
  •  Ser feito de materiais impermeáveis.
  •  Apresentar uma ventilação conveniente.
  •  Ser equipado com uma pequena porta
  •  Devem apresentar ninhos e poleiros.
  •  Devem obrigatoriamente ter um "parque", dado que as galinhas, para colocar ovos, precisam de um mínimo de 14 horas de luz por dia.


Estas são as condições principais que um bom galinheiro deve cumprir, mas devemos ir um pouco mais fundo na questão do tamanho e da ventilação. Em termos de tamanho, é conveniente planear bem e calcular primeiro o número de galinhas que queremos manter, porque o espaço é um fator capital que, se estiver em falta, pode causar grande stress às nossas galinhas. Em geral, quanto mais espaço, melhor, pois isso também permite que as galinhas se movam com facilidade e, dessa maneira, exercitem os músculos e melhorem sua saúde geral, o que também se traduzirá numa melhor qualidade nos ovos que põem. Se falamos de ventilação, é necessário ressaltar que é um fator determinante, pois um galinheiro bem ventilado e que receba boa luminosidade, será um ambiente saudável e agradável para as nossas galinhas. Ignorar esse fator pode-nos custar caro, pois um ambiente sem ventilação pode fazer com que as aves contraiam doenças respiratórias graves.
 
Terceiro passo: cuidado e alimentação.

Em relação aos cuidados diários que o nosso bando de galinhas vai precisar, destacamos a importância dos seguintes:

  •  Devemos deixar nossas galinhas sair do galinheiro pela manhã, andar, andar, correr ... mas também nos devemos lembrar de colocá-las de volta à noite, para estarmos a salvo de possíveis predadores. Esse cuidado é essencial. Uma galinha que anda livremente quando lhe agrada, é uma galinha cujos ovos serão de excelente qualidade.
  •  Devemos fornecer "camas" adequadas para às nossas galinhas. Chamamos cama à base na qual as galinhas descansam no galinheiro. Estas camas podem ser preparadas com diferentes materiais, sendo muito recomendadados as lascas de madeira, chips ou produtos à base de cânhamo ou palha picada. Há também materiais que não são recomendados para fazer camas, como o feno, que tem a característica de acomodar facilmente um grande número de esporos de fungos, o que pode causar sérios danos às nossas galinhas.
  •  Será necessário proporcionar-lhes um espaço para os seus "banhos de poeira" instintivos. O banho de poeira é uma necessidade instintiva que as aves têm, e adaptar uma área com areia ou cinzas para cobrir essa necessidade trará grandes benefícios em termos de saúde animal. No caso das galinhas que possam andar livremente no campo, serão elas que irão escolher o local onde farão estes banhos especiais.
  • Limpe o galinheiro: Normalmente, será suficiente limpar o galinheiro uma vez por semana ou a cada duas semanas, tentando fazê-lo completamente e atingindo todos os cantos, a fim de evitar o aparecimento de parasitas ou outros visitantes inesperados, como os ácaros. O processo de limpeza geral em si é simples e consiste apenas em duas etapas: 1) Retire o material que escolheu para fazer as camas velho do galinheiro. 2) Substitua a cama, ou seja, espalhe novo material (chip, cânhamo ...), tentando fazer uma camada de boa espessura, principalmente nas estações frias.
  •  Comida: Este é um ponto importante e devemos-nos concentrar nele com atenção especial. Como a criação de galinhas se está novamente a popularizar, hoje em dia é muito fácil encontrar alimentos prontos, especialmente para galos e galinhas. Especificamente, referimos-nos a alimentos pré-misturados, cuja comercialização está a aumentar a cada dia, e que têm uma composição especial para cobrir as necessidades nutricionais das galinhas de acordo com sua idade. Pode complementar a dieta com outro tipo de comida fresca, como sementes (milho, trigo ...), legumes frescos, arroz, macarrão ... mas deve sempre ter cuidado para não lhes dar qualquer tipo de alimento que contenha sal ou carne. Quanto à hora, como em muitas outras coisas, as galinhas preferem a rotina. Logo, o mais fácil é alimentá-las duas vezes ao dia (sempre ao mesmo tempo) ou deixar um comedouro para que sejam elas a alimentar-se durante o dia.
  •  Água: Como qualquer outro ser vivo, precisam constantemente de água para viver. Para isso, é melhor ter bebedores especiais. Será preferível colocar estes num local sombreado, pois as galinhas preferem água doce.

Quarta etapa: ovos.

Uma vez que as nossas galinhas tenham todos os fatores acima cobertos, estas levarão uma vida saudável e satisfatória, e isto poderá ser notado na qualidade dos ovos que põem. Com cerca de 6 meses de idade, uma galinha normal começa a colocar ovos, que pode usar para o seu próprio consumo ou para ter mais galinhas. Isto depende se temos ou não um galo. No caso de termos um galo, este irá fecundar os ovos, tornando-os férteis e podendo assim eclodir se forem incubados pelas galinhas. Por outro lado, se não tivermos um galo, as galinhas continuarão a colocar ovos (provavelmente em menor escala), mas estes não serão férteis e servirão exclusivamente para consumo alimentar.

Quando for apanhar os ovos,  deve primeiro limpá-los cuidadosamente e secar, embora uma boa prática seja manter as camas limpas (garantir que as lascas não estam velhas), de modo a que praticamente não precise de os limpar.

Também deve prestar atenção à consistência e dureza dos ovos que as suas galinhas colocam. Se perceber que os ovos têm a casca mole, será um sinal de que as suas galinhas precisam de consumir mais cálcio, momento em que deve fornecer suplementos nutricionais especificamente formulados para esse efeito (a sua comercialização é comum).

As linhas acima pretendem ser um breve e básico guia para ajudá-lo no seu caminho como criador de galinhas novato, mas tenha em mente que o melhor guia será a sua própria experiência de campo. Não há melhor professor do que você. De qualquer forma, abaixo tem à sua disposição uma ampla variedade de artigos publicados na nossa revista que lhe permitirá aprofundar qualquer um dos tópicos abordados no guia.
 

Perguntas Frequentes sobre Galinhas

A água é importante para galinhas?

A água é o alimento mais importante para as galinhas. Bebem muita água e, em tempos de calor, podem consumir até meio litro de água por dia. O canal deve estar limpo e ter uma forma que impeça as galinhas de entrar nele para evitar infecções.
 
Como deve ser o alimentador?

Deve ser grande o suficiente para que todos as galinhas possam comer e também deve ser construído de forma a que o alimento não seja contaminado pelas próprias galinhas.

 Quanta comida devo dar?

Idealmente, deve deixar a sua galinha o dia inteiro pelo campo para que coma erva, vermes e plantas livremente; atirar grãos inteiros no galinheiro para picarem e colocar a mistura de cereais no alimentador para que possam comer de acordo com as suas necessidades, tendo em conta os alimentos já consumidos.

 Como dormem as galinhas?

Para o seu bem-estar, deve colocar "poleiros" a diferentes níveis e de forma elevada no galinheiro, para que possam dormir.

 Com que idade começam a colocar ovos?

Em geral, cerca de 5 ou 6 meses de idade, começam a colocar-los e fazem-no de forma ideal até aos 2 anos de idade, quando a produção começa a cair gradualmente.

É necessário um galo para a galinha colocar ovos?

Não é necessário, a única diferença entre um ovo colocado por galinha que tem um galo e outra que não tem, é que o primeiro será um ovo fértil e, portanto, um pintainho poderá nascer se o ovo for chocado, enquanto que o segundo seria um ovo infértil. .
 
Os ovos requerem tratamento especial?

Sim, depois de recolhê-los, os ovos devem ser limpos com um pano húmido, nunca com água quente.
 
Como devem ser preservados os ovos?

Para a nossa segurança alimentar e para conseguir um ótimo frescor de conservação, estes devem estar a uma temperatura abaixo dos 20ºC.
 
Quanto tempo vive uma galinha?

Depende muito dos cuidados que recebe, mas pode viver até 15 anos.

Receba conteúdos gratuitos sobre vida saudável, jardinagem e muito mais na sua caixa de correio electrónico! Mais:

Outros artigos recentes

Descarga nuestra App

Get it on Google Play Get it on Apple Store
Recursos
Sobre nós
Outros

Siga-nos


Bio Vida Sana
Worldcoo
Planeta Huerto ©2024, Todos os direitos reservados.