Carregando...
Voltar
  • Meu carrinho 0 produtos
  • Total produtos €0,00
  • Gastos de envio €0,00
  • Total €0,00
Ir à seção

A horta em outubro

No mês de outubro as temperaturas mais agradáveis nos permitem aproveitar mais o trabalho da nossa horta sem ter que nos esconder do sol. Mas, principalmente, o início do outono está marcada pelos primeiros frios e chuvas copiosas

Eliminar as colheitas pouco produtivas do verão

Nestas alturas poucos serão os cultivos que ainda dêem uma colheita significante, por tanto vale a pena liberar o bancais e recipientes, e prepará-lo para fazer o transplante dos cultivos de outono.

No momento de determinar em que lugar vou por os novos cultivos é importane manter umas rotações nas quais se aproveitem mais os nutrientes e se evite a proliferação das pragas ao repetir o cultivo. Por exemplo:

  • Depois de um cultivo de vorazes, como é o caso das solanáceas (tomate, beringela, pimentão) ou cucurbitáceas (pepino, courgete, melão), havería que plantar "cultivos de folhas" (alface, espinafre, escarola,...)
  • Depois de um "cultivo de folha" (alface), um "cultivo de raiz" (alho, cebola, rabanete, alho-poró).
  • As favas, que são um cultivo que melhora os lugares com um substrato mais pobre.

¡qué habas! ni la plaga de pulgón pudo con ellas

Esta "limpez" também pode-se aplicar à horta de aromáticas, eliminando as plantas de ciclo anual para liberar espaço para as novas plantas, uma vez que se incorpora mais compost.


Poda de plantas bianuais

Algumas hortaliças são bianuais, mas por comodidade e por uma questão de espaço as manipulamos como anuais, pois enquanto estão latentes, ocupam um espaço que podería ser aproveitado por outro cultivo que podería nos dar colheita.

A pesar disto, como no caso do pimentão, podemos dar-lhe uma segunda oportunidade por meio da poda depois da colheita. Como vantagem, adiantaremos a nova colheita respeito aos novos pimentões que vamos a cultivar.


Prevenção contra as doenças criptogâmicas

Mesmo que o descenso das temperaturas diminui a presença de insectos, as chuvas abundantes podem favorecer a aparição de fungos. Para evitar desgostos, melhor reforçar as plantas com um fungicida natural como a decocção da cauda de cavalo, que também é um bioestimulante.

No caso das colheitas tardías de tomate, como é o caso do tomate de Muchamiel, se queremos prolongá-las, para evitar que a chuva molhe as folhas favorecendo que apareçam fungos, é conveniente colocar uma capa de plástico para protegê-los.



Semeaduras, transplantes e colheitas

  • Semeadura: rúcula, espinafre, alho, ervilha, fava, alface, batata, rabanete e alho-poró.
  • Transplantes: cebola, alface, alh-poró, escarola ou morango
  • Colheitas: a colheita característica deste mês é a da abóbora, principalmente na cultura anglo-saxôna pelo Halloween, mas também pode-se colher acelgas, ápio, couve-de-Bruxelas, repolho, escarola, salsinha, cenoura, beterraba; além dos omipresentes: alface e rabanete.

 

Lembre-se que neste mês principalmente temos de nos preocupar com as mudanças meteorológicas, pois se prevemos as primeiras geadas protejendo nossos sementeiros e cultivos e adequamos a frequência de rega às chuvas, ganharemos muito e podemos garantir ter plantas saudáveis e fortes.

Outros artigos interessantes

O que é o substrato de fibra de coco?

segunda-feira, 6 de julho de 2015

A fibra de coco é um tipo de substrato cada vez mais utilizado em sementeiros e hortas urbanas ecoloógicas. É obtido como resíduo das fibras dos frutos do cocotero (Cocos nucifera).Vantagens:Este produto tem uma grande capacidade de...

Cultivo em estufa

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

O cultivo em estufas dá-nos a opção de trabalhar no inverno com temperaturas de, pelo menos 5º C superior à do exterior. Isto nos permite preparar os sementeiro com 3 ou 4 semanas de antecedência em relação à plantação normal....

Dicas sobre a criação de galinhas para agricultores urbanos

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Quem se preocupa com o que come, vai poder saborear ovos frescos com um maior teor de vitaminas e Omega-3, e por outro lado, com menos colesterol e gorduras saturadas. Para quem tem uma horta, quintal ou jardim, elas são excelentes aliadas...

Como lutar contra a aranha vermelha?

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Aranha vermelha: sobre a praga e o seu tratamento A aranha vermelha é um pequeno ácaro de 0,5 mm em sua etapa adulta. Costumam se alimentar de plantas de ambientes secos.São chamadas de aranha vermelha pela capacidade de tecer teias, porém...

Descubra Nosso Catálogo