Carregando...
Voltar
  • Meu carrinho 0 produtos
  • Total produtos €0,00
  • Gastos de envio €0,00
  • Total €0,00
Ir à seção

A horta em março

Neste mes é importante ter um olho na horta e outro no céu, pois mesmo que o bom tempo já nos acompanha e nos anima a semear práticamente tudo, pode ser que ainda haja uma geada.

Tarefas do mês

Tal e como estamos a dizer, março é um mês de contrastes, no qual os dias primaverais se alternam com os últimos resquícios do inverno. Esta inestabilidade põe a prova nossa capacidade de reação para adaptar as rotinas já estabelecidas na horta.

A rega. Nas semanas de maior calor podemos aumentar a frequência, regando entre 7 e 14 vezes por semana.

As estufas. Principalmente no interior, as estufas ainda são imprescindíveis para manter sementeiros e cultivos a salvo das geadas, mas nos dias especialmente soleados é conveniente ventilar o interior para evitar que a temperatura seja muito alta.

Por outra parte, quando as condições são tão instáveis corremos o risco de enfraquecer as plantas, fazendo delas um alvo fácil para pragas e doenças. Para evitar este tipo de problemas e os que possam aparecer em um futuro, podemos ajudar às nossas plantas incorporando na rega preparados vegetais estimulantes que proporcionem vigor e ajudem gerando defesas perante os ataques dos parasitos.

 

O que semear?

Graças à maior duração do dia e ao aumento da temperatura podemos abrir o abanico de variedades que podemos semear, principalmente se moramos em lugares com climas cálidos e temperados, mas devemos considerar o tipo de semeação que aplicamos.

Semeação em sementeiros protegidos: beringela, abóbora, melão, pepino, pimento e tomates.

Semeação em sementeiro descoberto: acelga, ápio, nabo, cebola, boniato, couve, escarola e alface.

Semeação ao ar livre diretamente do solo ou no recipiente definitivo: feijão, espinafre, cherivía, batata, rabanete, cenoura.

Além de hortaliças podemos enriquecer nossa horta com plantas aromáticas, que além dos seus usos medicinais também ajudam a trazer polinizadores aos nossos cultivos e evita algumas pragas. 


O que transplantar?

Se fizemos todas as lições nos meses anteriores, os sementeiros preparados no começo do inverno já devem estar prontos para o transplante: couve-flor de primavera, alho-poró...

Mas pode ser que antes de começar, tenhamos dúvidas:

Como sabemos se chegou a hora do transplante?

Existem várias regras baseadas no desenvolvimento da parte aérea da planta. No caso das plantas de folhas (alface, escarola, ...) podemos tirar do sementeiro aquelas que tenham 4 folhas verdadeiras, mas no geral, o momento adequado é quando a altura da planta é superior à profundidade do alvéolo ou do recipiente onde foi semeado.

Quando é o melhor momento?

Se possível, deve-se transplantar no final da tarde, para que as plantas não sofram pelo calor e pela desidratação.

Quão profundo deve ser o transplante?

No geral, plantaríamos o torrão ao rés da terra, sem cobrir mais de 1 cm do talo da planta. Mas há excessões. Por exemplo o alface e a escarola devem ser enterradas até a base das primeiras folhas, e se os tomates se enterram a vários centímetros por cima, sairão inclusive mais raízes do talo coberto.

E por último, um truque para diminuir a evapotranspiração e por tanto a perda de água que é imprescindível em um momento tão importante: recortar as folhas de todas as plantas, inclusive das cebolas e alhos-poró.

O que colher?

Se estamos em um lugar de cálidas temperaturas, nossa horta sentirá o "parão" invernal, o que significa que mesmo que março seja um mês de plantío também podemos colher alguns cultivos: alcachofras, couves, escarolas, espinafres, ervilhas, feijão, alfaces, alhos-poró, rabanetes e cenouras.

Então, podemos concluir que a atividade na horta volta com o calor,mas devemos nos organizar durante o ano inteiro e ter um pouco de previsão com a rega e os possíveis problemas de pragas. Desta forma, aproveitaremos muito mais nossa atividade na horta.


Outros artigos interessantes

A horta em maio

quinta-feira, 7 de maio de 2015

As temperaturas cálidas e realmente agradáveis do mês de maio trazem consigo muitas tarefas na horta: semeação, transplantes, manutenção de cultivos, controlo de pragas e doenças...Tarefas do mês de maioUma temperatura mais alta e mais...

A horta em dezembro

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Se não encontramos o momento durante o ano para fazer "reformas" e melhores em nossa horta, este é o momento, pois principalmente nos lugares de interior, em dezembro, as hortaliças se "paralizam"Revisão de ferramentas e instalações Mesmo que...

A horta em Janeiro

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Provavelmente janeiro seja o mês mais importante para a horta, e não pela sua atividade frenética, mas sim porque é o ponto de partida do que dependerá a futura colheita na primavera e no verão, sendo a preparação dos sementeiros uma...

Tudo o que precisar saber sobre substratos para a tua horta e jardim

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O substrato, o equivalente ao solo no campo, é a casa da escola e o lugar de trabalho das plantas, e por tanto, em base à sua qualidade, nossos cultivos desenvolverão-se melhor ou pior. Sabes que h´ña muitas opções? Aqui vos explicamos as...

Descubra Nosso Catálogo