Carregando...
Voltar
  • Meu carrinho 0 produtos
  • Total produtos €0,00
  • Gastos de envio €0,00
  • Total €0,00
Ir à seção

Plantar de acordo com as fases da lua

A lua e suas mudanças de forma e lugar não é algo estranho para nós- Mesmo que não exista demostração científica, seu efeito sobre os cultivos, os jardineiros e os horticultores de outrora já havíam observado suas influências positivas ou negativas sobre as plantas. Em base a isso, conceberam um calendário lunar da agricultura que actualiza-se a cada ano e ainda, hoje em dia, é utilizado.

Dois ciclos lunares, o que descreve as diferentes fases da lua (desde a lua nova até a lua cheia e vice-versa) e o da sua revolução completa ao redor da Terra (Lua ascendente e descendente), guíam os trabalhos de jardinagem e horticultura.

Lua crescente ou descrescente

O ciclo representado pelas fases da lua é o mais visível e o mais familiar. Estas mudanças de aspecto da lua no céu são fruto do alinhamenti, que muda cada dia, entre a Terra, a Lua e o Sol.

A lua é crescente quando sua grossura aumenta de uma noite para a outra, desde a lua nova (a que não se ve) até a lua cheia (a que está completamente redonda).  Esta é uma boa hora para plantar, cuidar das plantas doentes ou aplicar tratamentos preventivos. Este período também é beneficioso para todas as plantas que produzem flores, frutos e sementes.

A lua é decrescente quando sua grossura diminui de uma noita para a outra. Então é favorável para as labores do solo, para a assimilação dos adubos e para as plantas que não queremos que floresçam (saladas, rabanete, cenoura, couve,...).

fase lunar

Lua descendente ou ascendente

A lua gira ao redor da terra destampando uma elipse inclinada com respeito ao nosso horizonte, com um ponto alto e um ponto baixo. Quando a lua vai do ponto mais baixo até o ponto mais alto, se diz que é ascendente: é o período ideal para plantar, enxertar e para as colheiras de todas as partes aéreas (folhas, frutos e flores).

Inversamente, quando a lua é descendente, é o momento propício para plantar, fazer estacas, podar e colher as hortliças que têm raíz (cenouras, rabanetes, nabos,...) e para a assimilação dos adubos.

Folhas, flores, frutos, raízes um dia após o outro

Durante a a rotação da lua ao redor da Terra, ela passa sucessivamente na frente de todas as constelações do zodíaco. Cada uma delas orienta de um jeito diferente os influxos lunares.

Na frente dos signos de ar (Aquário, Gémeos, Balança) a lua é mais favorável paêa as plantas que produzem flores, por exemplo a couve-flor e a alcachofa.

Na frente dos signos de água (Peixes, Caranguejo, Escorpião), a lua será beneficiosa para as plantas que se cultivam para suas folhas, como o alface, as espinafres e as couves.

Na frente os signos de fogo (Sagitário, Carneiro e Leão), a lua terá mais influencia sobre as plantas que se cultivam para produzir frutos ou sementes, como a tomateira, curgete, favas e ervilha.

Na frente dos signos de terra (Capricórnio, Touro e Virgem), a lua favorecerá mais os vegetais que se cultivam pelas raízes carnosas ou bolbos, como a cenoura, o rabanete e o ápio.

Os dias nefastos

A lua não sempre tem uma influência positiva. Há 4 dias ao mes nos quais é melhor não trabalhar na horta. São os dias que a lua está mais perto (perigeo) ou mais longe (apogeo) da Terra, a qual não está no centro da trajetória elíptica lunar. Existem outros 2 dias "nefastos": quando a rotação na qual a trajetória da lua corta nosso horizonte (nós lunares).

Como reconhecer as fases lunares

Reconheça fácilmente o periodo no qual estás, inclusive sem calendário. Imagine uma barra vertical que unisse as pontas da lua que não "estão cheias". Se ves uma d, a lua é decrescente, se vez uma p, a lua é crescente.

Para reconher a fase de um momento concreto, observe a posição da lua respeito a um elemento fixo da paisagem circundante nesta hora precisa. No dia seguinte, 1 ou 2 horas mais tarde, olhe novamente sua posição respeito ao elemento de referência escolhido no dia anterior. Se a lua etá mais alta, é ascendente; si está mais baixa, é descendente.


Outros artigos interessantes

A poda da tomateira

sábado, 13 de dezembro de 2014

Para aprender a podar a plantação de tomates, é conveniente saber primeiro como se desenvolve esta planta. E é da seguinte forma: A planta brota da terra, e ao crescer esse broto, se forma o ramo principal da planta. Deste mesmo ramo, vão...

A horta em Novembro

terça-feira, 4 de novembro de 2014

No mês de novembro, podemos fazer um descanso. A horta permanece em um tipo de letargia e os trabalhos a realizar são, básicamente, a manutenção. Podemos aproveitar este mês para fazer o plano de rotação para distribuir o trabalho, evitar...

A horta em fevereiro

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Pouco a pouco os dias vão sendo mais compridos e as amendoeiras já estão acordando... Mas não podemos estar confiantes, pois em fevereiro são frequentes os temporais inesperados de frio, por tanto devemos ter certeza que estas últimas geadas...

O que é o substrato de fibra de coco?

segunda-feira, 6 de julho de 2015

A fibra de coco é um tipo de substrato cada vez mais utilizado em sementeiros e hortas urbanas ecoloógicas. É obtido como resíduo das fibras dos frutos do cocotero (Cocos nucifera).Vantagens:Este produto tem uma grande capacidade de...

Descubra Nosso Catálogo