Carregando...
Voltar
  • Meu carrinho 0 produtos
  • Total produtos €0,00
  • Gastos de envio €0,00
  • Total €0,00
Ir à seção

O tomate: um cultivo complexo

Talvez o cultivo do tomate, que pertence à família das solanáceas (pimentão, beringela, batata) seja o mais popular da horta urbana por ter um consumo mais habitual (20 kg ao ano por pessoa). A pesar disto, e contrário ao que acontece normalmente, não é o mais adequado para começar no mundo das hortas devido à sua dificuldade...

  • É um cultivo que exigente: exige nutriendes, rega e sol.
  • É associado a uma ampla gama de pragas e doenças.
  • Implica tarefas mais especializadas como o tutorado, a poda dos brotos secundários ou desmochado

cultivo del tomate

Exigências do tomate

  • Irrigação: frequente e regular, espaçada e em grandes quantidades. A melhor é a irrigação por gotejamento para evitar que apareçam fungos.
  • Nutrientes: é uma planta voraz, por tanto é um cultivo exigente que exige um adubo rico em terriço.
  • Substrato: 20 l de volume para cultivar em recipientes para el cultivo en recipientes.

Quando Cultivar Tomates

Sua semeação é delicada, pois entre as solanáceas o tomate é a que pode ser sembrada antes, com o risco de sofrer o efeito das geadas noturnas. Por isso, para evitarmos problemas, recorremos à uma semeação protegida.

Tras uma semana, as sementes se germinam, e quando as plantas chegam a 18-20 cm, temos de transplantá-las a um vaso onde estarão pelo menos 2-3 semanas ao ar livre antes de que as transplantemos ao meio definitivo. Desta forma criarão raízes e se endurecerão.

Os transplante definitivo costume ser ais 2 meses da semeação, quando desaparecem os riscos de geadas. Neste momento, enterramos os talos até as primeiras folhas (se cresce muito em altura, pode-se até dobrar um pouco o caule para enterrá-lo mais e que tenha mais raízes adventícias) com uma distância de 40-50 cm entre plantas.

Trata-se de uma planta grande (existem variedades de crescimento indeterminado), que têm de soportar o peso considerável dos frutos, os quais, ao mesmo tempo, não podem tocar o chão pois se não apodrecem. Por tanto, tutorar é essencial: prender os talos à umas canas de uns 1,5 m que servirão de guia e soporte, mas sempre as devemos prender debaixo de cada ramalhete , pois é o lugar que têm que soportar um maior peso, e com certa frouxura para não estrangular o talo

Também, cada axila de onde sai uma folha do talo secundário com seu próprio talo de crescimento. Para concentrar a energía, é necessário podar esses brotos, deixando 2 ou 3 que serviram de reserva caso aconteça algo ao talo principal, e também porque as folhas vão proteger ao fruto do excesso de sol. 

Outros labores auxiliares são ajudar à polinização natural das abelhas, repassando as flores com um pincel, ou podar as folhas mais velhas da parte inferior. Quando as tomateras desenvolverem o terceiro ramalhete de lores, para evitar o ataque de oídios e aranhas vermelhas.

Se cumprirmos com todas essas tarefas e exigências, aos 3 meses aproximadamente poderemos recolher nossos primeiros tomates.

As associações mais favoráveis

Alho, ápio, cebola, alface e cenoura.
São compatíveis: acelga, manjericão, couve, espinafre, ervilha, alho-poró, vagem, feijão e rabanete. 
Por outra parte, o tomate é incompatível com o pepino e com a batata.

Pragas e doenças do cultivo do tomate

  • Pulgão. Remédio: para prevenir, pode-se associar com o manjericão; mas para a luta dirceta pode-se usar o sabão potásico e insecticidas vegetais. 

  • Aranha vermelha. Remedio: para prevenir pode-se pulverizar em folhas a mistura de cavalinha com aguas.

  • Mosca branca. Remédio: pulverizar no reverso das folhas 1% de sabão potássico diluido em água da chuva ou água destilada.

  • Míldio. Fungo que aparece em forma de manchas cinzas ou pretas que secam as folhas. Remédio: eliminar las zonas afectadas, usar como prevención decocción de cola de caballo.

  • Larva (tuta absoluta, heliotis). Podem produzir danos em frutos, talos ou folhas. Remédio: seguimento para evitar a proliferação e, caso necessário, pode-se remover com as mãos ou aplicar o bacillus se tivermos muitas plantas.

  • VirusRemédio: para evitar a sua aparição, se utilizam variedades antivíricas, mas se trata de variedades híbridas.

  • Rachamento do tomate. Dano produzido por uma irrigação pouco uniforme, e por tanto pode se transformar em uma porta de entrada para os fungos. 

  • Esticado do tomate. Dano produzido por um excesso de sol mas que mesmo assim pode ser consumido.

Principais variedades de tomates

A maior parte das variedades existentes, referen-se às características do fruto. Atualmente proliferam as varierdades híbridas seleccionadas pelas multinacionais, onde se prioriza a conservação, aparência e resistência à doenças e pragas e suas qualidades organolépticas, o que está levando uma perda de variedades locais e, por tanto, de biodiversidades e cultura agrícola.

Podes encontrar todas as sementes de tomare do nosso catálogo de sementes aqui:

A poda do tomate

Aqui deixamos um video onde se observa como é a poda do tomate:

Outros artigos interessantes

A horta em junho

segunda-feira, 1 de junho de 2015

O verão já está aqui e, com ele, nossa horta transborda atividade. Também chega uma elevada humidade do ambiente, altas temperaturas e as chuvas escassas, por tanto devemos focar nossa antenção na rega e na prevenção perante possíveis...

Plantar de acordo com as fases da lua

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

A lua e suas mudanças de forma e lugar não é algo estranho para nós- Mesmo que não exista demostração científica, seu efeito sobre os cultivos, os jardineiros e os horticultores de outrora já havíam observado suas influências positivas ou...

Cinco resíduos de casa que prodemos aproveitar na horta

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Acabou-se jogar fora o restos do café, as cascas de ovo, os restos de comida, os ramos podados ou as cinzas da churrasqueira. Mesmo que seja difícil de crer, tudo isso pode ser um grande aliado para ajudar as nossas plantas e a terra. Na...

Cultivo do melão e melancía... Frutas do verão

terça-feira, 14 de abril de 2015

As frutas do verão por excelência Ambas são da mesma família, as cucurbitáceas, e têm uns padrões de cultivo muito similares.É curioso que sejam frutas com um alto conteúdo em água (em torno de 90%), mas suas necessidades hídricas (rega)...

Descubra Nosso Catálogo