Carregando...
Voltar
  • Meu carrinho 0 produtos
  • Total produtos €0,00
  • Gastos de envio €0,00
  • Total €0,00
Ir à seção

A horta em Novembro

No mês de novembro, podemos fazer um descanso. A horta permanece em um tipo de letargia e os trabalhos a realizar são, básicamente, a manutenção. Podemos aproveitar este mês para fazer o plano de rotação para distribuir o trabalho, evitar gastos relacionados com o adubo e obter um produto constante.

Entre estas tarefas teremos que proteger os cultivos das possíveis geadas, e as semeação, transplante e colheita dos cultivos de temporada. As plantas mais expostas, como as couves, devem ser protegidas com algum material de protecção de cultivos ou com palha e talos de milho, devemos fazer a mesma coisa com as alcachofras, que podem ser cubertar também com esterco ou com palha. Se temos os recipientes ou bancais sem cultivos, é uma boa hora para regenerar adicionando terriço, no caso do cultivo de compostores, ou incorporando esterco e cavando posteriormente as parcelas.

Ademais durante esta parada de outono vemos que se reduze a frequência de rega, a diversidade dos cultivos a controlar e praticamente desaparecem os problemas associados à doenças e pragas, pois o frio têm uma boa acolhida entre os insectos.

Depois que os cultivos de verão tenham acabado o seu ciclo, é importante arrancar as plantas e, quem possa, reciclar convertendo-as em compostores.


Protecção ante geadas

A principal dor de cabeça nestas datas para a nossa horta é o temor que as geadas arruínem o que têmos plantado ou os viveiros de futuros cultivos.

Invernadouro

Uma solução é a instalação de invernadouros, pois neles conseguimos manter uma temperatuda de pelo meno 5ºC superior à do exterior. Existe uma grande variedad de modelos de invernadouro de diferentes tamanhos e com diferentes funcionalidades segundo o tipo de cultivo (em solo, vaso, mesas de cultivo, ...), mas em todos eles deve-se controlar a ventilação, principalmente nos dias que podem ser mais caloroso.


Para o cultivo em terraços, outra opção pode ser a colocação de um acolchado a base de palha sobre os cultivos como o alho-poró ou cenouras, para que além de estarem protegidos, o chão esteja fofo.


Semeação, transplantes e colheitas

Aproveitando estes dias, antes que o frio aumente em dezembro, podemos semear com facilidade alho, espinafre, escarola, fava, alface, batata, cenoura e cebola. Também é temporada de cônego, com o que fazer mais variadas nossas saladas.

A colheita dependerá dos cultivos que tenhamos semeado no final do verão e no começo do outono: alface, rabanete, rúcula, cenoura ou nabos. Assim que arrancados, os deixamos ao so e é conveniente cavar todos os quadros livres depois da colheita.

Bons tempos para o cultivo de aromáticas

Levando em consideração que quanto mais biodiversa seja uma horta, mais ecológica e mais estável, teremos menos problemas, podemos aproveitar para dedicar mais tempo ao cultivo de aromáticas.

O outrono é a melhor época para reproduzir espécies por estaca como a salva, o alecrim, a marialuisa ou a santolina, ou também po divisão de mata o tomilho ou a melissa.


Tomillo sobre tomillo / Thyme over thyme

Este inciso na atiidade da horta também pode nos ajudar para começar a planificar a horta para o próximo ciclo de cultivos, nos programar quando começarmos com os sementeiros e redesenhar nossa horta para fazer dela um pouco mais práctica e produtiva.

Finalmente, a horta é um trabalho contínuo com épocas de mais ou menos actividade, mas sempre há algo a fazer se queremos que tudo corra bem.

Outros artigos interessantes

Cinco vantagens de ter uma churrasqueira em casa

sexta-feira, 1 de abril de 2016

O bom tempo convida a aproveitar o jardim, o campo, a família e os amigos. E a melhor forma de juntar todo mundo é, sem dúvidas, um churrasco!É a desculpa perfeita para fazer reuniõesQuando escolhermos a nossa churrasqueira ideal, podemos...

A horta em fevereiro

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Pouco a pouco os dias vão sendo mais compridos e as amendoeiras já estão acordando... Mas não podemos estar confiantes, pois em fevereiro são frequentes os temporais inesperados de frio, por tanto devemos ter certeza que estas últimas geadas...

Como lutar contra a aranha vermelha?

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Aranha vermelha: sobre a praga e o seu tratamento A aranha vermelha é um pequeno ácaro de 0,5 mm em sua etapa adulta. Costumam se alimentar de plantas de ambientes secos.São chamadas de aranha vermelha pela capacidade de tecer teias, porém...

Como lutar contra o pulgão?

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Os pulgões são insectos homópteros que sugam a seiva das plantas. Aparecem em grandes quantidades e é comúm que se associem com formigas, pois elas se alimentam da substância açucarada (melaço) que os pulgões segregam e assim, também,...

Descubra Nosso Catálogo