Carregando...
Voltar
  • Meu carrinho 0 produtos
  • Total produtos €0,00
  • Gastos de envio €0,00
  • Total €0,00
Ir à seção

A horta em Novembro

No mês de novembro, podemos fazer um descanso. A horta permanece em um tipo de letargia e os trabalhos a realizar são, básicamente, a manutenção. Podemos aproveitar este mês para fazer o plano de rotação para distribuir o trabalho, evitar gastos relacionados com o adubo e obter um produto constante.

Entre estas tarefas teremos que proteger os cultivos das possíveis geadas, e as semeação, transplante e colheita dos cultivos de temporada. As plantas mais expostas, como as couves, devem ser protegidas com algum material de protecção de cultivos ou com palha e talos de milho, devemos fazer a mesma coisa com as alcachofras, que podem ser cubertar também com esterco ou com palha. Se temos os recipientes ou bancais sem cultivos, é uma boa hora para regenerar adicionando terriço, no caso do cultivo de compostores, ou incorporando esterco e cavando posteriormente as parcelas.

Ademais durante esta parada de outono vemos que se reduze a frequência de rega, a diversidade dos cultivos a controlar e praticamente desaparecem os problemas associados à doenças e pragas, pois o frio têm uma boa acolhida entre os insectos.

Depois que os cultivos de verão tenham acabado o seu ciclo, é importante arrancar as plantas e, quem possa, reciclar convertendo-as em compostores.


Protecção ante geadas

A principal dor de cabeça nestas datas para a nossa horta é o temor que as geadas arruínem o que têmos plantado ou os viveiros de futuros cultivos.

Invernadouro

Uma solução é a instalação de invernadouros, pois neles conseguimos manter uma temperatuda de pelo meno 5ºC superior à do exterior. Existe uma grande variedad de modelos de invernadouro de diferentes tamanhos e com diferentes funcionalidades segundo o tipo de cultivo (em solo, vaso, mesas de cultivo, ...), mas em todos eles deve-se controlar a ventilação, principalmente nos dias que podem ser mais caloroso.


Para o cultivo em terraços, outra opção pode ser a colocação de um acolchado a base de palha sobre os cultivos como o alho-poró ou cenouras, para que além de estarem protegidos, o chão esteja fofo.


Semeação, transplantes e colheitas

Aproveitando estes dias, antes que o frio aumente em dezembro, podemos semear com facilidade alho, espinafre, escarola, fava, alface, batata, cenoura e cebola. Também é temporada de cônego, com o que fazer mais variadas nossas saladas.

A colheita dependerá dos cultivos que tenhamos semeado no final do verão e no começo do outono: alface, rabanete, rúcula, cenoura ou nabos. Assim que arrancados, os deixamos ao so e é conveniente cavar todos os quadros livres depois da colheita.

Bons tempos para o cultivo de aromáticas

Levando em consideração que quanto mais biodiversa seja uma horta, mais ecológica e mais estável, teremos menos problemas, podemos aproveitar para dedicar mais tempo ao cultivo de aromáticas.

O outrono é a melhor época para reproduzir espécies por estaca como a salva, o alecrim, a marialuisa ou a santolina, ou também po divisão de mata o tomilho ou a melissa.


Tomillo sobre tomillo / Thyme over thyme

Este inciso na atiidade da horta também pode nos ajudar para começar a planificar a horta para o próximo ciclo de cultivos, nos programar quando começarmos com os sementeiros e redesenhar nossa horta para fazer dela um pouco mais práctica e produtiva.

Finalmente, a horta é um trabalho contínuo com épocas de mais ou menos actividade, mas sempre há algo a fazer se queremos que tudo corra bem.

Outros artigos interessantes

Plantar de acordo com as fases da lua

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

A lua e suas mudanças de forma e lugar não é algo estranho para nós- Mesmo que não exista demostração científica, seu efeito sobre os cultivos, os jardineiros e os horticultores de outrora já havíam observado suas influências positivas ou...

Remédios para o Míldio

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

O Míldio é uma doença provocada por alguns fungos que se parasitam em várias hortaliças diferentes através da água da chuva e da rega. Sintomas e identificação Pode provocar variados sintomas, porém costuma aparecer algumas manchas...

Tudo o que precisar saber sobre substratos para a tua horta e jardim

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O substrato, o equivalente ao solo no campo, é a casa da escola e o lugar de trabalho das plantas, e por tanto, em base à sua qualidade, nossos cultivos desenvolverão-se melhor ou pior. Sabes que h´ña muitas opções? Aqui vos explicamos as...

Como posso combater a mosca branca?

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Conheça a mosca branca A mosca branca pertence à família dos aleuródidos e já foram encontradas mais de 1500 espécies. Os adultos medem de 1 a 1,5 mm, seu corpo é amarelado-pálido e suas duas asas são brancas. Têm um aparelho bucal...

Descubra Nosso Catálogo