Carregando...
Voltar
  • Meu carrinho 0 produtos
  • Total produtos €0,00
  • Gastos de envio €0,00
  • Total €0,00
Ir à seção

A horta em maio

As temperaturas cálidas e realmente agradáveis do mês de maio trazem consigo muitas tarefas na horta: semeação, transplantes, manutenção de cultivos, controlo de pragas e doenças...

Tarefas do mês de maio

Uma temperatura mais alta e mais horas de luz direta sobre os cultivos provocam uma aceleração na horta. A germinação, crescimento e fructificação são os processos mais rápidos. E esta rapidez necessita de mais atenção.

huerto en mayo

Entutorar os cultivos necessários

No caso do tomate e da vagem de enrame, ao serem de crescimento vertical devemos entutorá-los.  Precisaremos tutores e canas para dar suporte ao talo das matas que não pararão de crescer, e de algúm tipo de atadura para segurá-los que seja de um material que não danifique os talos, se não estaremos a favorecer o ataque de fungos e outros patógenos. Também é necessário podar os talos secundários, no caso das tomateiras.

Outros suportes que podem-se utilizar além das canas são as malhas para entutorar, mas se queremos poupar tempo em colocar as malhas, podemos usar um truque dos Mayas, que é a associação pré-colombina, combinação dos principais cultivos na dieta dos indígenas desenvolvida há alguns milhares de anos: para aproveitar o espaço da nossa horta, podemos cultivar milho com feijão, plantanto primeiro o milho, e quando alcance uns 15-20 cm, plantamos o feijão que utilizarão o talo do milho como tutor, e também contribuirão com nitrogênio, pois ao ser uma leguminosa, é capaz de fixar o nitrogénio atmosférico no solo. Também, entre as linhas de feijão-milho, também podemos plantar abóbora que utilizam a sombra de ambos cultivos para evitar o excesso de sol.

Estamos na época perfeita para a semeação do milho, mas se queremos ter espigas de milho durante o verão inteiro, há um truque que consiste em semear algumas matas de milho a cada 15 dias.

Outra consequência do calor sobre os cultivos de folhas (acelgas, espinafres e, principalmente, alface, é que sobem com facilidade, ou seja, espigam-se rápido que antes, para formar a flor e posteriormente as sementes.

Para evitar que isso aconteça, é melhor plantá-las em lugares que durante o verão não recebam tanta luz directa. Se já é tarde, "ao mau tempo, boa cara", pois se colocamos uma malha fina sobre as flores, podemos recolher as sementes para futuras semeações.

Prevenir que apareçam pragas: a Branca da couve, o terror das couves

A borboleta da couve (Pieris brassicae), é das mais abundantes tanto no campo como nos parques das cidades, são fáceis de reconhecer pelo calor branco de suas asas, nas quais ressaltam uma mancha circular escura.


Pieris brassicae (Linnaeus, 1758)

A época de reprodução é de abril até setembro e, depois da eclosão dos ovos, aos 10 dias as larvas são umas extraordinárias devoradoras de folhas. Para evitar que apareçam, existem algumas plantas aromáticas que funcionam como repelentes somente com sua presença na horta, tais como a salva, menta, artemisa ou tomilho.

Mas se a praga é realmente grande, até o ponto de arriscar o nosso cultivo, o método de tratamento mais eficiente contra essas indesejadas invasoras é o Bacillus thuringiensis, uma bacteria que é capaz de produzir uma toxina que, quando ingerida pela larva, produz a parálise do intestino, o que faz que o insecto não possa se alimentar.

O preparado que existe no mercado, está composto por esta toxina, que por sua especificidade é inócuo para os insector que podem ser úteis para a nossa horta, para animais domésticos, pássaros e peixes, e também para nós.

A forma de uso é por pulverização, com uma dose de 1 a 2 gramas por litro. O uso óptimo desde produto é quando as larvas são o bem pequenas e, se possível, devemos aplicar durante o entardecer para evitar que a radiação ultravioleta destrua o bacillus.

O que semear em maio?

  • Semeação em sementeiro descoberto: curgete, couves de repolho, couves de Bruxelas, couve-flor de verão e outono, alface, melão, pepino e alho-poró.
  • Semeação ao ar livre diretamente no solo ou no recipiente definitivo: curgete, abóbora, couves, escarolas, espinafres e ervilhas (em zonas frias), feijão de mata baixa e de enrrame, alface, melão, pepinos, rabanetes, beterraba vermelhas e cenouras.

O que transplantar em maio?

  • Semeação em sementeiro descoberto: courgete, couves de repolho, couves de Bruxelas, couve-flor de verão e outono, alface, melão, pepino e alho-poró.
  • Semeação ao ar livre diretamente no solo ou no recipiente definitivo: courge
  • Siembra al aire libre directamente en suelo o en el recipiente definitivo: curgete, abóbora, couves, escarolas, espinafres e ervilhas (em zonas frias), feijão de mata baixa e de enrrame, alface, melão, pepinos, rabanetes, beterraba vermelhas e cenouras.

O que colher em maio?

  • Colheitas: alho, ápio, acelgas, cebola branca, brócol, couve-flor, espargo, espinafre, ervilha, alface, nabos, alho-poró, rabanetes e cenouras.

Este mês é um dos mais activos para os jardineiros, pois recolheremos nossas primeiras colheitas, as substituiremos por outras, semearemos algumas novas, colocaremos tutores... é um pouco laborioso, porém muito importante para os que começaram agora, mas não desistam e lembrem que fazer um bom trabalho por gosto, não dói!

Outros artigos interessantes

Remédios para o Oídio

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O Oídio é uma doença produzida pelo fungo que têm esse mesmo nome. Trata-se de uma penugem branca que age em folhas e talos das plantas fracas, localizadas normalmente na sombra e em lugares ou épocas de muita humidade ambiental.Podemos ver seu...

Como lutar contra a aranha vermelha?

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Aranha vermelha: sobre a praga e o seu tratamento A aranha vermelha é um pequeno ácaro de 0,5 mm em sua etapa adulta. Costumam se alimentar de plantas de ambientes secos.São chamadas de aranha vermelha pela capacidade de tecer teias, porém...

A horta em agosto

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

No mês de agosto, haverá muito trabalho na nossa hora, pois é a época de colher todos os frutos após todo o trabalho realizado anteriormente.O começo do mês costuma ser muito sofocante, mas já a meiados de agosto podem aparecer algumas...

Remédios para o Míldio

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

O Míldio é uma doença provocada por alguns fungos que se parasitam em várias hortaliças diferentes através da água da chuva e da rega. Sintomas e identificação Pode provocar variados sintomas, porém costuma aparecer algumas manchas...

Descubra Nosso Catálogo